O Portela da Villa irá incluir espaços comerciais, um jardim com quiosque e esplanada, pista de fitness e muito mais.

 

Está cansado de procurar casa e de não encontrar nada devido aos preços exorbitantes praticados atualmente? Está a nascer em Torres Vedras, a cerca de 30 minutos de Lisboa, um mega projeto que se afirma como “uma solução para os desafios que o País enfrenta no acesso à habitação”. No Portela da Villa, um T2 de 80 metros quadrados pode custar cerca de 240 mil euros. Já um T3 com piscina rondará os 560 mil euros.

O empreendimento está a ser desenvolvido pela LeapAssets, uma empresa de consultoria e gestão de investimentos sediada em Lisboa e liderada por Georges Bou Jaoude. Já adquiriram 260 lotes, totalizando uma área de 140 mil metros quadrados. No total, serão investidos 200 milhões de euros no projeto.

“Mais do que um investimento imobiliário, queremos fazer parte da solução para a crise habitacional que Portugal atravessa e a qual acreditamos que ainda se vá estender por alguns anos. O nosso foco é criar habitação para as famílias portuguesas, adequada ao seu rendimento, sem que isso implique prescindir do seu bem-estar, da proximidade, serviços, educação, comércio e cultura, e do acesso a uma casa de qualidade”, afirma Jaoude em comunicado.

O diretor-geral da empresa explica o motivo da localização escolhida, a meia hora da capital. “O Oeste, especificamente Torres Vedras, e os seus arredores é, para nós, a opção mais atrativa. É uma região fascinante, com grande capacidade para atrair novos moradores. Tem baixa densidade, uma extensa frente do mar, vários hospitais, escolas, todos os retalhistas e serviços necessários para dar resposta às necessidades da vida moderna e está apenas a 30 minutos de carro de Lisboa”, realça. No total, espera que mais de três mil pessoas se mudem para lá.

No que diz respeito a edifícios residenciais, estão a estudar propostas para moradias geminadas, isoladas e em banda, além de apartamentos com diversas tipologias. Querem apostar “em soluções contemporâneas, confortáveis, com valências, acabamentos e equipamentos de qualidade, sem esquecer o recurso a materiais e técnicas de construção sustentáveis”.

A criação de lotes para uso de retalho vocacionado para comércio de proximidade e conveniência também será contemplada. O Portela da Villa terá ainda um jardim público com quiosque e esplanada, zonas de lazer e bem-estar como pista de fitness, uma horta comunitária e uma área de barbecue e piquenique. Incluirão ainda áreas de apoio para animais de estimação.

Outro fator destacado pela empresa é a acessibilidade do local, muito perto da saída nove da A8. O empreendimento tem “excelentes acessos quer a Lisboa, quer a outros pontos da região Oeste e de todo o País. Será possível aceder à capital para trabalho ou lazer em cerca de 30 minutos”, garantem.

Atualmente têm duas moradias em banda em fase de construção, mas irão avançar com a construção de um prédio residencial com conclusão prevista para o início de 2025. Pode visitar o site da Portela da Villa para ficar a conhecer melhor o projeto (e talvez comprar a sua próxima casa).

https://www.nit.pt/fora-de-casa/na-cidade/vai-nascer-um-mega-empreendimento-a-30-minutos-de-lisboa-um-t2-custa-240-mil-euros